Matérias de 1° de junho - Início

Coluna A Poesia é Necessária

TEU ADEUS

Tua imagem fere minha retina,

empalidece minha face,

enfraquece- me, como querendo

pôr- me no chão.

Tua visão marca- me a lembrança,

fazendo- te mais tênue em mim,

convertendo- te em delicioso passado.

Distante e se apagando em mim.

TEU EGOÍSMO

Assassina - te o dom de não saber amar.

Mas, isto tem as feições de tua alma egoísta.

Morra, então,

contudo, deixe - me sorrindo.

Não por ti, e sim,

por minha paixão salva.

IDENTIDADE EM MUTAÇÃO

- Sou - grito.

( Um minuto. Um instante. Uma dor. )

- Era - sussurro.

Sangue.

O escuro

dos olhos

fechados.

Adeus.

Coluna Paranaguá: História, fatos e personalidades
por Alessandro Pires Staniscia, articulista da GP, Advogado e Vice-presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá.
 

RUAS DE PARANAGUA: Nossos Caminhos... Nossa História...

Romário Martins, respeitado Historiador paranaense publicou a obra "Psicologia da Placa", onde discorreu sobre o caráter pitoresco e a singularidade de certas denominações oferecidas às ruas, muitas vezes em flagrante contraste com a realidade.

Tratando de nossa Paranaguá, percebe-se de pronto criatividade de sua gente para piadas ou gozações, que o uso e a tradição se encarrega de preservar. Apesar das placas com as modernas denominações, lembrando nomes ilustres, mas sem reflexo na compreensão popular que as lêem (a placa), grava o nome e continua a ignorar quem foi o personagem e quais os serviços que prestou à causa pública, para merecer a homenagem dos pósteros.

Leia o complemento da Coluna na Versão Impressa

Cobrança pelo boleto bancário, que é indevida, será debatida na Câmara

Ontem (31), a Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados realizou uma audiência pública para discutir as taxas de serviços incluídas em cobranças de prestações mensais por meio de boletos bancários.

Conforme divulgou a Agência Câmara, o objetivo é apurar denúncias de cobranças abusivas feitas por empresas que repassam indevidamente os custos do boleto aos consumidores.

Procedimento ilegal - Para o autor do requerimento, deputado Cezar Silvestri (PPS-PR), o procedimento é ilegal, pois contraria o Código de Defesa do Consumidor. "Além disso, aumenta o valor das parcelas mensais, o que prejudica sobretudo os cidadãos de poder aquisitivo modesto", afirmou.

De acordo com Silvestri, se a empresa oferece ao usuário a opção de pagamento via boleto, deve arcar com os custos, mediante convênio bancário. O deputado alerta ainda que, em muitos casos, a cobrança passa despercebida até mesmo pelo consumidor.

Previsão em contrato - Segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), há empresas que incluem em seus contratos uma cláusula que prevê o repasse da cobrança do boleto ao consumidor. No entanto, isso não torna o procedimento legal, o que permite que o consumidor peça a anulação do item.

Dia 12 de junho: Terceira edição do Casamento Comunitário

A atual administração, através da Secretaria Municipal de Cidadania e Desenvolvimento Comunitário (Semcideco) realizará no dia 12 de junho a terceira edição do Casamento Comunitário.

A cerimônia será no Aeroparque, a partir das 17h com 168 casais, "devido ao atraso das certidões de pessoas que não são de Paranaguá, alguns casais participarão do próximo casamento comunitário", disse Georgette Jacira Pesch da Silva, secretária da pasta.

A secretária ainda destaca que algumas novidades acontecerão. Um casal vai descer de pára-quedas no Aeroparque. Mãe e filha, assim como três irmãos e uma prima, além de funcionários da prefeitura estarão participando da união civil.

A Fundação Municipal de Cultura (Fumcul) será parceira da Semcideco. Os alunos da oficina de violino estarão tocando durante a cerimônia. "Um presidente de associação de moradores fará uma apresentação", destaca Georgette.

Ana Carla Menezes Patriota, defensora pública do município realizará o casamento. A advogada foi nomeada pela Drª Fernanda de Quadros Jorgensen, Juíza da Vara de Família, de Infância e Juventude da Comarca de Paranaguá.

Maiores informações sobre a terceira edição do Casamento Comunitário entrar em contato com Márcia ou Cida pelo telefone 3420-6022.

A equipe da Secretaria está participando da Feira do Selo Social, apresentando o Projeto do Casamento Comunitário. A feira acontece até quinta-feira, dia 31, até às 22h.

Palestra - A Secretaria Municipal de Cidadania e Desenvolvimento Comunitário fará uma palestra sobre a importância do casamento para os casais.

O encontro será na sexta-feira, dia 01, a partir das 19h no Clube Olímpico, "esta reunião também servirá para definir alguns detalhes com os noivos", afirmou a secretária.

Preço do álcool cai, mas consumidor não vê

Em Curitiba o álcool custa R$ 1,29, em Paranaguá, R$ 1,69. Qual o motivo?

Desde o final de março, o preço do álcool hidratado caiu quase 33% nas usinas do Paraná. O preço médio do litro nas usinas, que era cerca de R$ 0,9648 na última semana de março, passou para R$ 0,6460 na semana passada - preço de venda à vista, sem impostos - , segundo dados da Associação dos Produtores de Álcool e Açúcar do Estado do Paraná (Alcopar), com base no levantamento do Departamento Econômico da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A queda, porém, ainda não chegou aos consumidores.

A redução aproximada de R$ 0,33 em três meses ainda não foi repassada pelas empresas distribuidoras - que compram o produto diretamente das usinas e o revendem para os postos -, nem chegou às bombas dos postos de combustíveis nesta proporção. Pelo contrário: de acordo com o monitoramento realizado semanalmente pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), houve um reajuste no preço do álcool, promovido tanto pelas distribuidoras quanto pelos postos em grande parte dos municípios do Paraná no mês passado.

Conforme a ANP, o preço médio do álcool combustível em março era de R$ 1,296 nas distribuidoras do Estado e R$ 1,510 nas bombas. Em abril, saltou para R$ 1,458 (distribuidoras) e R$ 1,652 nos postos. Só em maio, os preços caíram, fechando a última semana a R$ 1,29 (preço médio nas distribuidoras do Paraná) e R$ 1,489, nos postos - ou seja, praticamente os mesmos preços praticados em março.

"Quando o preço sobe nas usinas, elas (distribuidoras) repassam rapidinho. Mas quando cai, demora um tempão. Achamos isso um absurdo", declarou o vice-presidente da Alcopar, Ricardo Rezende, diretor da usina Sabarálcool. Segundo Rezende, mantida a margem média de lucro das distribuidoras e dos revendedores, o litro do álcool deveria custar entre R$ 1,15 e R$ 1,20 ao consumidor - bem abaixo da média de R$ 1,489 praticada na semana passada no Paraná.

"É algo que não tem cabimento. Se o preço caiu 30% nas usinas, tem que cair também nas bombas", afirmou, acrescentando que tanto as distribuidoras quanto os postos têm pouca capacidade para estocagem. "Não poderia demorar mais do que três ou quatro dias para repassar essa diferença ao consumidor final."

A queda no preço do álcool combustível nas usinas se deve ao período de safra da cana-de-açúcar. No Paraná, quase 20% da safra já foi colhida até agora. A expectativa é que a moagem de cana seja de 42 milhões de toneladas no Paraná este ano, com a produção de 1,68 bilhão de litros de álcool e 2,7 milhões de toneladas de açúcar. Para Rezende, o preço atual do litro do álcool hidratado (R$ 0,6460) não deve durar muito tempo. "Está abaixo do custo e abaixo do preço internacional (cerca de US$ 0,40 o litro)", comentou.

Semsap firma grandes parcerias em protocolos de intenção

A Secretaria Municipal de Saúde e Prevenção (SEMSAP) firmou grande número de parcerias para projetos na Feira do Selo Social, que teve seu encerramento ontem, dia 31.

Até a tarde de ontem, os departamentos de Odontologia, Programa Saúde da Família (PSF), DST, Tuberculose, Coordenação dos Postos e Vigilância Sanitária assinaram 40 protocolos de intenção em parceria com aproximadamente nove empresas de Paranaguá.

Dois dos grandes projetos estão na área do Programa Saúde da Família, que em conjunto com o Serviço Social do Comércio (SESC) estará desenvolvendo programa de aproveitamento integral dos alimentos com os grupos das Unidades de Saúde. O outro destina-se à doação de margarina vita (com baixo colesterol) para os grupos de hipertensos, diabéticos e gestantes, de iniciativa da empresa Sadia.

Para a coordenadora do PSF, Jéssica Teixeira, esta foi a primeira porta de entrada da saúde com as empresas. "Hoje as empresas estão nos procurando com propostas. Para a área de saúde, esta feira tem grande representatividade, já que o Ministério da Saúde só ajuda em 30% o PSF e o município apóia todo o resto", disse a coordenadora.

Ela explica ainda que existem 12 equipes do PSF, que atendem a população em seus domicílios e por isso são necessários os apoios.

"Agradecemos as empresas que estão participando do Selo Social e principalmente todas as que estão envolvidas em parcerias com a Secretaria de Saúde", disse a secretária da pasta, Dra. Isolda de Barros Maciel.

Gripe ou resfriado?

Com a chegada dos dias mais frios é freqüente o aumento das chamadas "ites" - rinites, sinusites, bronquites, amigdalites, doenças que causam transtornos a grande parte da população. Também está aberta a temporada de gripes e resfriados. Saber diferenciar uma da outra, tentar evitar o contágio e aliviar os sintomas são atitudes importantes. Quando o organismo é contagiado pelo vírus da gripe ou do resfriado, a pessoa apresenta sintomas como dor de cabeça, coriza, nariz coçando e dores no corpo. Apesar de bastante semelhantes e de ambos serem considerados "males menores", gripes e resfriados apresentam algumas importantes diferenças. Gripes e resfriados são doenças respiratórias agudas muito comuns, geralmente causadas por infecção viral, que afetam pessoas do mundo inteiro, de todas as faixas etárias. Estima-se que um adulto pode ter de três a quatro episódios anuais, enquanto crianças podem apresentar de seis a sete no mesmo período. O resfriado é um conjunto de sinais e sintomas causados por vírus, geralmente acompanhados apenas de manifestações das vias aéreas superiores. Em geral, os sintomas do resfriado aparecem gradualmente, podendo trazer com ele febre baixa (estado febril), tosse, dores musculares e cansaço leve, coriza, diminuição do olfato e do paladar e irritação na garganta. Sua forma de contágio é semelhante à da gripe. Um resfriado comum pode durar de três a quatro dias e, quando os sintomas duram mais de duas semanas, é aconselhável procurar orientação médica.

Vacina para prevenir - Já a gripe é uma síndrome, invariavelmente causada por vírus, cujos sintomas incluem sinais sistêmicos como febre elevada, dores de cabeça, musculares e articulares, fadiga e perda de apetite. O mais conhecido vírus da gripe é o influenza, que provoca uma doença mais aguda que necessita de maiores cuidados. Conforme a infectologista Luzilma Martins, a gripe é uma condição altamente contagiosa que ocorre com maior freqüência no período entre abril e setembro. O contágio acontece geralmente pelo contato direto com pessoas infectadas pelo vírus. "Quando a pessoa gripada espirra, tosse ou fala, gotículas com o vírus ficam dispersas no ar por tempo suficiente para serem inaladas por outra pessoa", explica. A especialista comenta que os sintomas mais comumente associados à gripe são febre alta (maior que 38°C), dores musculares, cansaço, tosse seca, irritação na garganta e entupimento das vias nasais. Apesar de existir uma vacina, esse vírus possui a capacidade de mudar constantemente, razão pela qual as pessoas precisam ser novamente imunizadas. A médica enfatiza que a vacinação é imprescindível para pessoas acima de 60 anos e crianças a partir dos seis meses de idade, pois só com ela é possível evitar infecções de maior gravidade. De acordo com especialistas, o vírus é habitualmente introduzido na família por crianças e infecta 25% das pessoas expostas a ele.

Para tentar fugir

* Ingerir bastante líquido.

* Dormir pelo menos 8 horas por dia.

* Lavar as mãos freqüentemente.

* Manter as mãos longe do nariz e da boca.

* Evitar aglomeração em ambientes fechados.

* Manter uma alimentação saudável.

* Praticar exercícios regularmente.

* Não compartilhar utensílios domésticos.

Homem disse que estava possuído pelo capeta

Foi preso e depois encaminhado ao Hospital Regional, o homem que atacou uma jovem e disse estar possuído pelo capeta. O assunto foi motivo de amplo comentário na Litoral Sul FM, no programa Litoral Notícia pelo repórter policial, RP.

Mas infelizmente o que as pessoas tem visto recentemente com algumas pessoas que se dizem, ou estar sendo possuídas por algo, chamado ou apelidado de força maligna seria na realidade o envolvimento com as drogas, ou um motivo no setor policial para justificar seus erros. Alguns dos envolvidos em situações desta natureza são figuras conhecidas no plantão policial da delegacia, e outras achando que falando do demônio, os policiais poderiam ficar com medo. O resultado é quase sempre cadeia para todos os que assim se proclamam e falam isso.

Matérias de 1° de junho - Término

Matérias de 29 de maio - Início

TSE quer reduzir custo das eleições

Finalizando os julgamentos de processos relacionados às eleições de 2006, a Justiça Eleitoral já começa a preparar-se para as eleições municipais do ano que vem.

A direção do Tribunal Superior Eleitoral iniciou ontem, em Brasília, uma rodada de debates para discutir os preparativos para o processo eleitoral de 2008.  

Durante dois dias, os secretários de Tecnologia da Informação da Justiça Eleitoral de todo o País estão debatendo formas de reduzir custos com o processo e de ampliar a informatização dos processos judiciais e do sistema de prestações de contas dos candidatos.

O diretor-geral do TSE, Athayde Fontoura Filho, reafirmou, na abertura do encontro, que a meta é reduzir o custo do próximo pleito em 30% em relação às eleições presidenciais de 2006, que, segundo ele, custaram cerca de R$ 440 milhões (R$ 3,50 por eleitor, considerados os aproximadamente 126 milhões que compareceram às sessões eleitorais no último pleito).

"A Justiça Eleitoral já provou à sociedade a sua eficiência e eficácia na realização das eleições, agora tem que mostrar que consegue manter a mesma qualidade, mas com um custo mais baixo", declarou. A assessoria de imprensa do TSE informou, no entanto, que ainda não há nenhuma estratégia determinada para se atingir essa meta de redução, mas que esse objetivo norteará todas as discussões até outubro de 2008.

Outro assunto debatido ontem foi a minuta de resolução para regulamentar as eleições não-oficiais (de entidades da sociedade) com o uso da urna eletrônica e suporte da Justiça Eleitoral. Para o secretário de Tecnologia do TSE, Giuseppe Dutra Janino, "prestar esses serviços à comunidade é uma forma de contribuirmos ainda mais com a sociedade".

Os secretários também estão discutindo a informatização dos processos judiciais e o sistema de prestação de contas de candidatos, duas questões que, se aperfeiçoadas, reduziriam os custos e o tempo de duração dos procedimentos da Justiça Eleitoral. 

Polícia terá que intensificar ações contra jovens que arrebentam bica das carretas para saquear

A cena já se tornou comum nas principais entradas do município, quando um grupo de pessoas espera o caminhão carregado passar. Eles estão com sacos, vassouras, enquanto um grupo de menores de idade vai e abre a bica do caminhão. Quando isto não acontece no primeiro balão em direção ao pátio de triagem, coitado do motorista que resolver entrar pelo segundo balão.

O resultado é que sem o devido policiamento, a carreta a bica da carreta é aberta e o motorista tem que parar de qualquer jeito. Geralmente o produto principal é fertilizante, milho ou soja. É como se fosse um ataque programado para saquear. No meio estão deste ataque aos caminhões estão envolvidos menores de idade e gente que tem a pessoa certa para revender o produto que foi praticamente roubado, saqueado.

Muitos motoristas de carretas ainda não reagiram de outro jeito, e pedem apenas seguranças por parte dos segmentos policiais para evitar os saques aos veículos.

"Apesar do reforço do policiamento os ataques é uma afronta às autoridades policiais e deve ser reprimido na forma da lei", disse uma dirigente do segmento de transportes. Também as pessoas envolvidas com empresas de transportes estão incomodadas e pedindo ajuda das autoridades para evitar os constantes ataques os caminhoneiros.

Petrobras busca parceiro para alcoolduto ligando Campo Grande a Paranaguá

A Petrobras está conversando com possíveis parceiros para um segundo alcoolduto da companhia, ligando Campo Grande (MS) ao porto de Paranaguá (PR), informou o diretor de Abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa, nesta sexta-feira.

Junto com o trecho que será feito em parceria com a japonesa Mitsui, de Goiás a São Paulo, os dois alcooldutos deverão custar 2 bilhões de dólares, disse Costa, e terão capacidade suficiente para atender a exportação do combustível para o Japão, estimada entre 3,5 e 4 bilhões de litros de álcool a partir de 2011.

"Ele vai começar transportando volumes pequenos, mas podemos elevar a capacidade do duto se tiver mais demanda com a simples instalação de bombas", informou Costa à Reuters.

Entre junho e julho, segundo o diretor, será anunciada a viabilidade da obra e possivelmente o parceiro escolhido.

A Petrobras pretende se tornar uma grande comercializadora de álcool em alguns anos, e para isso analisa também entrar na produção do combustível, em 40 projetos de novas usinas.

A companhia já começou a investir nas primeiras fases de instalação do duto que deve ligar Senador Canedo (GO) a São Sebastião (SP).

Estão sendo aplicados 30 milhões de dólares na primeira etapa do projeto, que prevê adequação de estruturas já existentes. Essa fase inclui, por exemplo, a instalação de bombas para garantir maior vazão no duto hoje usado para gasolina e diesel entre Paulínia (SP) e Ilha D’Água (RJ).

O próximo passo, duplicação do trecho Paulínia-Guararema (SP), deve ter início até o fim deste ano.

Exclusiva do blog

Posto de Saúde da Vila Guarani terá suas obras inauguradas nesta quarta-feira

O Posto de Saúde 24 horas Dr. Simão Aisenman terá suas obras de ampliação e reforma inauguradas nesta quarta-feira, dia 30, às 10 horas.

Para o prefeito José Baka Filho, a obra vem de encontro ao objetivo da atual administração, que é a garantia de saúde de qualidade a todos os parnanguaras.

"Na semana passada inauguramos o Centro Odontológico do Padre Jackson e agora a comunidade da Vila Guarani e região serão contempladas com a reforma geral deste posto", disse o prefeito.

O posto recebeu investimentos no valor de aproximadamente R$ 58 mil e teve sua área ampliada em 58,24 metros quadrados, onde foi construída área para agentes comunitários, cozinha e banheiros.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde e Prevenção, Dra. Isolda de Barros Maciel, a localidade possui área total de 198, 38 metros quadrados, que contempla três consultórios, área de curativo, sala de vacina, área de aplicação de medicação, farmácia, ampla sala de espera e implantação da caixa de lixo hospitalar e orgânico.

"Essa reforma foi feita porque as condições da localidade estavam precárias. Foi necessária toda essa reforma e ampliação para que agora possamos abranger o Programa Saúde da Família, que foi implantado na Unidade em janeiro deste ano", declarou a secretária.




[ ver mensagens anteriores ]
Visitante número: